Aulas de Inglês

Na disciplina de Inglês, os alunos do 9º PIEF trabalharam o conceito don't throw away (não jogues fora). Puseram mãos à obra e reutilizaram velhos frascos de vidro, sobras de tecidos e elementos de embrulhos de presentes e criaram belos suportes de velas. Reutilizar é que está a dar!

Oficina de produção de sabão artesanal

No dia 20 de abril, sob orientação da professora Isabel Magalhães, e com a participação dos alunos da turma 7.º A, deu-se início à produção de sabão artesanal com óleo de cozinha já utilizado. Desta forma, aproveitou-se um resíduo bastante poluente, que acaba por ser, muitas vezes, incorretamente despejado na canalização, poluindo a água.

Procedimento para fazer sabão

Material:

- um recipiente que não derreta

- um tabuleiro fechado

- um pau de vassoura de madeira

- um copo medida (litro)

- 6 litros de azeite velho ou usado, óleo usado (uma gordura)

- hidróxido de sódio (soda caustica) - (1 Kg)

Procedimento:

Em 3 litros de água FRIA, dissolve o hidróxido de sódio, (ATENÇÃO-QUEIMA), mexendo sempre com o pau, com alguma distância. Quando arrefecer um pouco, junta o óleo (6 litros) ao hidróxido de sódio mexendo sempre até engrossar, deita na forma (tabuleiro) e deixa secar à sombra um dia.

Experimenta a consistência com o dedo, caso já esteja duro, desenforma e corta em cubos.

Coloca os cubos à sombra e vira todos os dias.

Observações:

Nunca deixes secar o sabão no tabuleiro muito tempo, porque já não se desenforma nem se corta.

É aconselhável fazer o sabão no verão com tempo seco, pois a humidade interfere com a mistura, na secagem e na consistência.

Academia ponto verde – 8.º A

Durante o primeiro período os alunos da turma 8.ªA participaram no Concurso Academia Ponto Verde com: a elaboração de um ecoponto, de sala de aula; debates sobre a reciclagem; passatempos da Academia Ponto Verde e participação no encontro (sessão virtual) com o embaixador da Academia, Francisco Murta. Os alunos mostraram interesse e empenho na realização das várias atividades.

Comemoração do Dia do PI

Criado com o Padlet

Academia Ponto Verde

As turmas do 8.º ano estão a participar no concurso Academia Ponto Verde, que consiste numa competição que junta Passatempos Interativos, Desafios Criativos, a elaboração de um Plano de Ação para aumentar a meta da reciclagem da escola e um Quiz Final. Que se vai desenvolver ao longo deste ano letivo. As docentes Conceição Saraiva, Elisa Santos e Paula Pinto são as responsáveis pela implementação deste concurso.



Brigadas verdes

No dia 12 de novembro, os alunos da turma do 8.º A, acompanhados pela docente de Cidadania e Desenvolvimento e Educação Física realizaram uma caminhada com recolha de lixo nos espaços exteriores da escola. Todos os alunos aderiram com empenho e interesse nesta iniciativa pedagógica.




Compostor

A compostagem é um processo natural que consiste na decomposição biológica de resíduos orgânicos, do qual resulta um produto estabilizado chamado composto. O compostor da escola consiste num recipiente feito com ripas de madeira que permite a circulação do ar no seu interior, no qual se depositam os resíduos orgânicos (ervas daninhas que se instalam no terreno da horta), que irão dar origem ao composto. Este composto será posteriormente utilizado na horta que os alunos estão a cultivar.




Este Natal os enfeites são por tua conta

A Construçãoelaboração de enfeites de Natal foi uma atividade promovida pela Compal e pela Tetra Pak em parceria com o Programa Eco Escolas da Associação Bandeira Azul da Europa, com o intuito de sensibilizar para a importância de colocação das embalagens no ecoponto amarelo e proteção do ambiente através da reutilização de embalagens de sumo marca Compal consumido em casa e/ou cafetarias. Simultaneamente, pretendeu-se que os alunos adotem hábitos de estilos de vida saudáveis, através da ingestão de consumo diário de sumos de frutas, não esquecendo também a questão da sustentabilidade ambiental.

Os mais de vinte enfeites de Natal foram elaborados pelos alunos de forma individual e colocados posteriormente na árvore de Natal.

Os moldes para a realização dos diferente enfeites tiveram como base as técnicas de construção de sólidos geométricos ensinados na disciplina de Educação Visual.



Exposição de presépios construídos com recurso à reutilização de materiais

A docente, Elvira Silva, que leciona a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica referiu que os alunos elaboraram vários presépios artesanais onde representaram a natividade e a sagrada família, com os mais diversos materiais: pinha, musgo, rolha, pedra, papel, tecido, palha, feltro, cápsula de café, crochê, madeira, embalagens Tetra Pak…

No âmbito desta disciplina, os alunos enfeitaram um pinheiro localizado no espaço exterior da escola, usando para os enfeites muitas embalagens de iogurte, as quais foram decoradas com fitas coloridas reaproveitadas.


No dia nove de dezembro as alunas do 10.ºC, Luciana e Lucinda, que são alunas do Centro de Apoio à Aprendizagem, foram expor um presépio elaborado pelas respetivas alunas, de material reciclado, com a orientação da docente de Educação Especial Teresa Alves.




GERAÇÃO DEPOSITRÃO 13.ª edição ano letivo 2020-2021

Nós Reciclamos!

Aproveitando a parceria entre a ERP Portugal (Entidade Gestora de Resíduos), a escola vai continuar a implementar o projeto Geração Depositrão que visa (in)formar as crianças e jovens e a população em geral, acerca da importância do adequado encaminhamento de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) e Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RP&A). Toda a comunidade educativa e respetivos Pais/Encarregados de Educação estão aderir a esta campanha, depositando na escola pequenos e grandes eletrodomésticos, televisões, resíduos de natureza informática, baterias, acumuladores e pilhas em fim de vida.




Presépio Químico

Os alunos, professores e a assistente operacional, Sra. Fernanda viveram o espírito natalício construindo um “presépio químico”, utilizando tubos de ensaio, balões volumétricos, balões de fundo redondo, pinças de madeira, colheres de combustão entre outros materiais, bem como a utilização de soluções de vários corantes com diferentes concentrações de forma a recriar a fantasia de um presépio.